Arquitetura paradisíaca nas Bahamas

Projeto assinado pelo aclamado designer Jeffrey Beers homenageia o oceano e a cultura local, além de privilegiar o visual das ilhas

Terça, 23 de janeiro de 2018



The Cove Paradise Island é o nome desse recanto que reúne o luxo e a natureza de forma unânime. Com assinatura do designer Jeffrey Beers, o recém inaugurado nas Bahamas, o resort dispõe de nada menos do que 692.000 metros quadrados, integrando o complexo Atlantis Paradise Island. Com 600 quartos e diversas opções de hospedagem, o lugar figura entre os mais exclusivos da região.


 

Áreas de piscina são irresistíveis. Confira um portfólio com grandes projetos inspiradores: http://anualdesign.com.br/blog/2434/25-modelos-de-piscina-para-voce-se-inspirar/

O projeto de Beers privilegia o oceano e a localização do resort em relação ao mesmo. Dessa forma, a extensa área da piscina e o lobby ao ar livre têm ares para lá de paradisíacos. E o designer ainda conseguiu incluir na proposta homenagens à cultura e às tradições das Bahamas, principalmente ao colorido que é uma marca do lugar.

Um exemplo é a piscina, que foi redesenhada pela artista Lulu DK com detalhes artesanais. A também designer de joias, tecidos e acessórios, a convite de Beers, fez arte em pranchas de surfe feitas sob medida e conseguiu transmitir toda a cultura local por meio dos desenhos e tecidos.

Já ouviu falar na tendência das piscinas biológicas? Saiba mais: http://anualdesign.com.br/blog/5037/a-revolucao-das-piscinas-biologicas/

O Restaurante Sip Sip, que mistura as Bahamas com a culinária mediterrânea traz uma experiência sinestésica com seus pratos. No cardápio, destaque para o ponche de rum e a uma cozinha caseira que impressiona pelo frescor, marcas da chef bahamense Julie Lightbourn.


Sobre o designer:

Nos últimos 25 anos, o trabalho da Jeffrey Beers definiu um novo padrão para o campo do design em hotelaria. Jeffrey teve uma experiência de belas-artes mais imersiva enquanto era estudante de arquitetura na Rhode Island School of Design, onde estudou com o artista Dale Chihuly, renomado pelas criações em vidro. O interesse de Jeffrey na relação da arquitetura com o vidro resultou em uma bolsa de estudos IIE/Fulbright no Brasil. Enquanto esteve no país, trabalhou com o celebrado arquiteto brasileiro, Oscar Niemeyer que, segundo Jeffrey, abriu seus olhos para o mundo da cor e da forma. Em 1986, ele fundou a empresa, Jeffrey Beers International (JBI), em Nova Iorque. Desde então, a empresa premiada é constantemente reconhecida pelo design excepcional de hotelaria, bem como a capacidade de Jeffrey de unir arte e estratégia de negócios para criar espaços de grande sucesso.


 

 

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.