A SEDE DA DIESEL, HOTEL PANTONE E O TRABALHO DE HELENA MONTANARINI

Design e moda conceito, matéria prima da griffe italiana.

Sexta, 12 de setembro de 2014
Em um passeio pela sede da Diesel, na Itália
A Diesel Village traduz em seu décor o lema que resume bem a trajetória de Renzo Rosso, o italiano que, ao assumir em 1985 o controle da fábrica de jeans Diesel, da qual já era sócio, conseguiu transformá-la em poucos anos em um verdadeiro império.
Essa mesma visão inspirou o mais recente empreendimento do empresário, ao inaugurar em meados de 2011, em Breganze, uma pequena cidade do norte da Itália. A nova sede  ficou longe de ser um projeto corriqueiro...







“O espaço foi pensado de maneira que interior e exterior se fundissem por meio de grandes superfícies de vidro, equipadas com filtros e cortinas, inundando os espaços com luz natural”, afirma o designer de interiores Paolo Mantero, chefe do escritório homônimo, responsável pelo projeto dos ambientes internos juntamente com o time criativo da Diesel. A arquitetura dos edifícios ficou a cargo do Studio Ricatti.
O prédio foi pensado para reduzir ao máximo o impacto ambiental e aumentar a economia energética.
“Foram escolhidos apenas materiais que envelhecem naturalmente, como madeira, concreto, cobre, aço zincado e ferro natural”, diz Mantero. Nos interiores, os pisos de madeira provêm rigorosamente de plantações certificadas.
O projeto buscou o equilíbrio entre a paisagem do entorno, onde a arquitetura integra-se à natureza, a indústria e a qualidade de vida de quem ali trabalha.  
“Apesar da área ser bem grande, a sensação de quem visita a nova sede da Diesel é a de estar em um espaço com proporções humanas, sugestivo, quente e acolhedor, cheio de cantos íntimos para se refugiar”.+ Os escritórios se organizam em volta de um jardim interno, assim como as instalações de serviços: restaurante, bar, auditório, academia, quadras de esportes e berçário”, conta Mantero. 





Além disso, como acrescenta a arquiteta Laura Parolin, do mesmo escritório, “a iluminação cuidadosa, os acabamentos e a decoração são exemplos de síntese e integração das necessidades para o bem-estar de quem utiliza estes espaços”.





--------

A Pantone insere através de uma 'lente de cores' um aspecto de conforto na decoração do Pantone Hotel TM , em Bruxelas, na Bélgica, tornando-o um lugar cheio de vida que transmite emoções diferentes a cada ambiente, através das cores que compõem sua decoração. A partir do momento que você chega, os seus sentidos são despertados para uma variedade de delícias e surpresas divertidas.







Projetado pelos belgas Michel Penneman, designer de interiores, e pelo arquiteto Oliver Hannaert, cada andar do hotel, sete ao todo, é iluminado por uma paleta de cores diferente, que causa e estimula emoções em seus convidados, mais vivas ou moderadas.





Segundo Leatrice Eiseman, diretora Executiva do Instituto de Cores Pantone®, "nesta temporada, os consumidores estão procurando um estado de equilíbrio pensativo, emocional e artístico. Enquanto esta necessidade por estabilidade se refletir na composição da paleta, a versatilidade intrínseca da cor individual permitirá a experimentação com novos olhares e novas combinações de cores.”





E em breve, estaremos trazendo pela ABD | DF -  Associação Brasileira de Designers de Interiores, a diretora da 'Pantone Brasil', que nos falará sobre as experiências ‘Pantone’, na arquitetura e decoração, na Casa Cor Brasília! 
Aguardem!!!

-------

Outro aspecto interessante neste universo do uso da criatividade para se destacar é diferenciar "produtos", com tags, como: italia, luxo, moda e design. Trago aqui uma especialista no assunto, Helena Montanarini, o grande nome de ‘retail’ do Brasil e que já foi apontada pela revista The Italian Fashion Weekly Magazine como uma das seis compradoras mais importantes do mundo da moda.



É viajando pelo mundo que Helena busca inspiração para seus diversos campos de atuação profissional. Ela é consultora de moda e estilo, marketing e compradora especializada em marcas de luxo.
Além disso, escreve regularmente para Hola Brasil, Expression, revista Cidade do Shopping Cidade Jardim e revista GQ, onde tem uma coluna dedicada a tendências da moda.
Orquestrou o Fashion Inc, com uma proposta exclusiva sobre o fashion business. Helena Montanarini, a profissional que conhece profundamente todas as nuanças e atalhos do mercado. Além de consultora, Helena também trabalhou com nomes como Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler, Giorgio Armani, Daslu e Ellus, além das mais importantes revistas do Brasil.
Diz ter 'uma grande queda' pelo mundo do design de interiores. "Talvez, se não tivesse entrado no mundo da moda, certamente teria ido para o lado da decoração", afirma.
Sua busca se dá tanto em museus, como em inúmeros cafés que fazem parte dos seus roteiros obrigatórios pelas cidades por onde anda...
E afirma ainda: "Se a pessoa for urbana, aconselho passar duas semanas em Tokyo e ficar em três hotéis em bairros diferentes. É uma maneira excelente para descobrir os diferentes lifestyles que a cidade proporciona, do tradicional ao supervanguarda"!!!



"Gosto de buscar ideias e inspiração viajando pelo mundo. É uma excelente fonte de referências, onde minhas antenas estão sempre ligadas"

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.