Array
(
    [uid] => 3776
    [title] => Recepção e Bilheteria
    [subtitle] => Com estilo minimalista e predominância da cor cinza, a Recepção e Bilheteria são um convite ao visitante para que ele entre no mundo das artes dentro de uma atmosfera do novo e do contemporâneo. A arquiteta Monica Cassoli buscou elementos que remetem à cultura britânica, como taxidermia (garimpado no Caos Augusta SP, loja de antiguidades), molduras de gesso na parede, pé direito de 4 metros e estofados em couro¬¬. 
As artes são o destaque do ambiente. O espaço ganhou, logo na entrada, uma pintura do renomado artista plástico de São Paulo Vitor Rolim, que já participou de murais na nova instalação do Google, Call Parade – Vivo, espaço Etna – SP, entre outros importantes projetos. 
A arquiteta quer transmitir a ideia de que o inacabado é arte. Para isso, usou cimento queimado nas paredes e teto. “Este contraste do novo e do velho, do tradicional e do moderno abre a mente dos visitantes para que eles treinem um novo olhar e percebam que ‘Um olhar muda tudo’, tema da CASA COR 2013”, explica Monica.
O mobiliário e os artigos de decoração utilizados no ambiente, que tem 40 m², mesclam peças das décadas de 50 e 60, com exemplares encontrados no Espaço Casa, do Parque D. Pedro Shopping. O local ganhou, ainda, um balcão com desenho geométrico e forro de madeira. A profissional optou por usar MDF, que tem baixo impacto ambiental. A iluminação é feita de LED, com pendentes importados diretamente da Espanha, spots direcionáveis e embutidos.
Créditos Foto: Christian Meyn
    [country] => 31
    [state] => 24
    [city] => 4757
    [version] => 2013
    [vote] => 2
)
             
	

Recepção e Bilheteria

Edição Casa Cor Campinas 2013
Ambiente Monica Cassoli
Com estilo minimalista e predominância da cor cinza, a Recepção e Bilheteria são um convite ao visitante para que ele entre no mundo das artes dentro de uma atmosfera do novo e do contemporâneo. A arquiteta Monica Cassoli buscou elementos que remetem à cultura britânica, como taxidermia (garimpado no Caos Augusta SP, loja de antiguidades), molduras de gesso na parede, pé direito de 4 metros e estofados em couro¬¬. As artes são o destaque do ambiente. O espaço ganhou, logo na entrada, uma pintura do renomado artista plástico de São Paulo Vitor Rolim, que já participou de murais na nova instalação do Google, Call Parade – Vivo, espaço Etna – SP, entre outros importantes projetos. A arquiteta quer transmitir a ideia de que o inacabado é arte. Para isso, usou cimento queimado nas paredes e teto. “Este contraste do novo e do velho, do tradicional e do moderno abre a mente dos visitantes para que eles treinem um novo olhar e percebam que ‘Um olhar muda tudo’, tema da CASA COR 2013”, explica Monica. O mobiliário e os artigos de decoração utilizados no ambiente, que tem 40 m², mesclam peças das décadas de 50 e 60, com exemplares encontrados no Espaço Casa, do Parque D. Pedro Shopping. O local ganhou, ainda, um balcão com desenho geométrico e forro de madeira. A profissional optou por usar MDF, que tem baixo impacto ambiental. A iluminação é feita de LED, com pendentes importados diretamente da Espanha, spots direcionáveis e embutidos. Créditos Foto: Christian Meyn

RECOMENDAR ESTA PÁGINA

Recepção e Bilheteria Com estilo minimalista e predominância da cor cinza, a Recepção e Bilheteria são um convite ao visitante para que ele entre no mundo das artes dentro de uma atmosfera do novo e do contemporâneo. A arquiteta Monica Cassoli buscou elementos que remetem à cultura britânica, como taxidermia (garimpado no Caos Augusta SP, loja de antiguidades), molduras de gesso na parede, pé direito de 4 metros e estofados em couro¬¬. As artes são o destaque do ambiente. O espaço ganhou, logo na entrada, uma pintura do renomado artista plástico de São Paulo Vitor Rolim, que já participou de murais na nova instalação do Google, Call Parade – Vivo, espaço Etna – SP, entre outros importantes projetos. A arquiteta quer transmitir a ideia de que o inacabado é arte. Para isso, usou cimento queimado nas paredes e teto. “Este contraste do novo e do velho, do tradicional e do moderno abre a mente dos visitantes para que eles treinem um novo olhar e percebam que ‘Um olhar muda tudo’, tema da CASA COR 2013”, explica Monica. O mobiliário e os artigos de decoração utilizados no ambiente, que tem 40 m², mesclam peças das décadas de 50 e 60, com exemplares encontrados no Espaço Casa, do Parque D. Pedro Shopping. O local ganhou, ainda, um balcão com desenho geométrico e forro de madeira. A profissional optou por usar MDF, que tem baixo impacto ambiental. A iluminação é feita de LED, com pendentes importados diretamente da Espanha, spots direcionáveis e embutidos. Créditos Foto: Christian Meyn

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.

PROJETOS RELACIONADOS