Array
(
    [uid] => 3804
    [title] => Quarto Do Filho 
    [subtitle] => A inspiração para este projeto foi o dono fictício do quarto: um homem de cerca de 30 anos, que trabalha com tecnologia e segurança e tem como hobby o automobilismo. Com base nessas características, as arquitetas Raquel Gaiolla e Renata Ferrão traçaram três elementos fundamentais, que nortearam todo o projeto: a escolha de tons de cinza, que conferem sofisticação e sobriedade; o uso de material metálico, que remete ao trabalho e ao hobby do proprietário; e a retomada de elementos da década de 80, fase da infância e adolescência do morador.
Um dos destaques é o painel da televisão, feito de material metálico, que se estende até em cima da cama. Também merece atenção a estante com as formas do jogo Tetris, que funciona como uma divisão entre a cama e a área do armário. A ideia das arquitetas foi dividir os espaços do quarto, mas sem bloqueios visuais.
As profissionais também usaram bastante volumetria no ambiente. Através de gesso e chapas metálicas, além do desenho do mobiliário, elas criaram uma movimentação diferenciada entre o teto e a parede, trazendo angulações que destacam os elementos e chamam a atenção.
Créditos Foto: Christian Meyn
    [country] => 31
    [state] => 24
    [city] => 4757
    [version] => 2013
    [vote] => 2
)
             
	

Quarto Do Filho

Edição Casa Cor Campinas 2013
Ambiente Raquel Gaiolla e Renata Ferrão
A inspiração para este projeto foi o dono fictício do quarto: um homem de cerca de 30 anos, que trabalha com tecnologia e segurança e tem como hobby o automobilismo. Com base nessas características, as arquitetas Raquel Gaiolla e Renata Ferrão traçaram três elementos fundamentais, que nortearam todo o projeto: a escolha de tons de cinza, que conferem sofisticação e sobriedade; o uso de material metálico, que remete ao trabalho e ao hobby do proprietário; e a retomada de elementos da década de 80, fase da infância e adolescência do morador. Um dos destaques é o painel da televisão, feito de material metálico, que se estende até em cima da cama. Também merece atenção a estante com as formas do jogo Tetris, que funciona como uma divisão entre a cama e a área do armário. A ideia das arquitetas foi dividir os espaços do quarto, mas sem bloqueios visuais. As profissionais também usaram bastante volumetria no ambiente. Através de gesso e chapas metálicas, além do desenho do mobiliário, elas criaram uma movimentação diferenciada entre o teto e a parede, trazendo angulações que destacam os elementos e chamam a atenção. Créditos Foto: Christian Meyn

RECOMENDAR ESTA PÁGINA

Quarto Do Filho A inspiração para este projeto foi o dono fictício do quarto: um homem de cerca de 30 anos, que trabalha com tecnologia e segurança e tem como hobby o automobilismo. Com base nessas características, as arquitetas Raquel Gaiolla e Renata Ferrão traçaram três elementos fundamentais, que nortearam todo o projeto: a escolha de tons de cinza, que conferem sofisticação e sobriedade; o uso de material metálico, que remete ao trabalho e ao hobby do proprietário; e a retomada de elementos da década de 80, fase da infância e adolescência do morador. Um dos destaques é o painel da televisão, feito de material metálico, que se estende até em cima da cama. Também merece atenção a estante com as formas do jogo Tetris, que funciona como uma divisão entre a cama e a área do armário. A ideia das arquitetas foi dividir os espaços do quarto, mas sem bloqueios visuais. As profissionais também usaram bastante volumetria no ambiente. Através de gesso e chapas metálicas, além do desenho do mobiliário, elas criaram uma movimentação diferenciada entre o teto e a parede, trazendo angulações que destacam os elementos e chamam a atenção. Créditos Foto: Christian Meyn

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.

PROJETOS RELACIONADOS